Seguidores

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Guerras Internas / Pensamento da Semana By Cristina Almeida


Quantas vezes você esperou a tempestade passar?
Quantas vezes pacientemente disse a si mesma: "Dê tempo ao tempo..."
Mas de repente vem de dentro uma aflição tão grande, como se fosse
a fúria de um vulcão, que te dilacera e parece que as forças de ti se esvaem...
E você num esforço estremo tenta respirar lentamente pra ver se consegue
manter a calma interna, é um exercício árduo e sofrido, mas você mantém o ritmo
e consegue a calmaria de que necessita para prosseguir!
Quem vê de fora o teu rosto sereno e calmo, julga-te feliz, mas não sabe a luta
que tens de travar continuamente...
Na verdade, acho que todo ser humano, queira ou não queira, tem dois lados
que vivem guerreando entre si, e agente consegue ver essa luta de fora, só que
muitas vezes só olhamos a luta, mas não fazemos nada!
Seja para o lado positivo ou o lado negativo, simplesmente não fazemos nada
é como se a luta não fosse nossa! Mas é! Que droga!
A luta é contínua, há momentos de calmaria, mas são só momentos,
por isso, acho que devemos todos suportarmos uns aos outros, pois não há perfeição
em ninguém, sempre haverá um dia que alguém lhe dará uma resposta atravessada,
ou que simplesmente não lhe dará atenção, é a vida... Não vamos deixar nos abater
por causa disso, são as nossas guerras internas, todos sofrem desse mal!

By Cristina Almeida

2 comentários:

Hélen Pink disse...

Otimo texto! Gostei muito!
É engraçado porque varios dias me sinto assim!
Bjos amada!

blogmundodahelen.wordpress.com

Cristina Almeida disse...

Helen, acho que todos nós no íntimo somos exatamente assim!
Bjs querida!