Seguidores

segunda-feira, 31 de maio de 2010

Limpeza De Pele



O que é a limpeza de pele?

É a retirada de secreções ou tecido morto da pele, especialmente dos “cravos”, tanto abertos como fechados.

Quais são os tipos de limpeza de pele e como são feitas?
As principais formas são a clássica (com a “espremedura” ou “com um pouco de dor”) ou as que são realizadas com o auxílio de máquinas (ultrasom, sucção, corrente elétrica).

Qual a diferença entre a limpeza profunda e a superficial?
A limpeza superficial realiza a esfoliação da parte externa da pele sem a retirada de tecidos ou secreções dos “cravos”, consistindo basicamente da limpeza com demaquilante, sabonete, esfoliação, tonificação da pele, hidratação e finalização com protetor solar.
A profunda é realizada com todas essas fases descrita, mais a retirada das secreções dos “cravos” e eventualmente dos “milios” (pequenos pontos brancos que crescem um pouco com o passar do tempo). Essa retirada pode ser realizada após a abertura dos poros (vapor, ultrasom, corrente elétrica) ou com essa técnica anterior e aparelhos auxiliares como por exemplo: sucção.

A limpeza de pele pode ser feita em qualquer idade e por qualquer pessoa?
A limpeza de pele costuma ser indicada a partir da adolescência, quando ocorre uma profunda mudança na qualidade da pele e da produção de sebo, inclusive em alguns casos com a formação de espinhas.
A realização da limpeza de pele deve-se exclusivamente a profissionais treinados e com conhecimento adequado de toda a estrutura da pele, das principais doenças da pele, dos principais medicamentos tanto tomados por boca como passados na pele, bem como uma grande percepção das diferenças das peles dos pacientes de diferentes idades e raças.

Existem tipos de limpeza específicos para cada tipo de pele? Quais são?
Sim. A grande diferença está no produto a ser utilizado, próprio para a pele oleosa, mista, seca e também a envelhecida, tornando a limpeza de pele algo mais voltado também para o tratamento do paciente.

Com que frequência deve-se limpar a pele e fazer a limpeza com um profissional?
A freqüência depende do tipo de pele, se há alteração dos poros, da idade do paciente, se há ou não espinhas, alterações hormonais associados, etc. Geralmente são indicadas limpeza de pele para todos os indivíduos, pelo menos a cada um ou dois meses. Alguns pacientes necessitam uma limpeza até a cada 15 dias, num determinado momento.

Como deve ser feita a limpeza quando a pele está maquiada?
Deve-se desmaquilar a pele com um bom produto, próprio para o tipo de pele da paciente.

Os demaquilantes são uma boa alternativa?
Sempre devem ser considerados como armamento para o tratamento e limpeza da pele, no dia a dia. Não somente no tratamento de cabine (tratamento em clínica).

Receitas caseiras, como açúcar e mel para esfoliar a pele funcionam?
Sim, desde que bem orientados pelos médicos dermatologistas, várias associações podem trazer benefício, sendo que hoje pensa-se muito na volta às raízes e também há uma grande procura pelos ativos químicos baseados em produtos naturais.

Como evitar os cravos e espinhas?
Retirar toda a maquiagem (esta deve também ser própria para o tipo de pele de cada um e de boa qualidade);
Esfoliar a pele com um bom esfoliante para uso diário;
Lavar com cuidado, escolhendo sempre sabonete próprio para o seu tipo de pele e de preferência com a capacidade de manter a pele protegida;
Hidratá-la ao final do enxágue.
Porém, esse paciente deve ser examinado e devidamente tratado com produtos específicos quando apresenta cravos recidivantes e principalmente espinhas.

Quais os benefícios da limpeza de pele?
Manter a pele saudável, com a eliminação de detritos e secreções que podem levar à obstrução das estruturas (glândulas e anexos) formando mais cravos e podendo evoluir para cravos pretos, espinhas ou cistos inflamados.
Nem todos irão desenvolver ou evoluir deste modo. Cada paciente deve ser bem avaliado, individualmente pelo seu dermatologista.

Através da limpeza pode-se obter o rejuvenescimento da pele?
O rejuvenescimento da pele pode também ser conquistado se o médico escolher um produto mais sofisticado com essa capacidade.

Os adstringentes industrializados são muito fortes para a pele ou podem ser utilizados diariamente?
Os adstringentes de companhias idôneas e conhecidas, especialmente indicados pelos médicos, que realmente entendem de pele, são de muito boa qualidade.

A limpeza pode ser feita em peles bronzeadas pelo sol?
Pode ser realizada sim, sem problemas. Porém, não se deve tomar sol logo após uma limpeza de pele profunda, especialmente se houve necessidade de extração dos cravos através de espremedura.

Depois da limpeza é permitido tomar sol?
Somente se exponha ao sol com protetor solar e nunca com a pele ferida.

Grávidas podem fazer limpeza de pele?
Nas fases inicias de uma gravidez sem complicações não há problema, desde que o profissional saiba que a paciente está grávida, sendo assim ele poderá escolher os produtos próprios para esse público.
No primeiro trimestre, deve-se evitar todos os medicamentos que possam, mesmo que remotamente, trazer qualquer dano ao feto. Na gravidez mais avançada, os ginecologistas costumam pedir para que o paciente não faça a limpeza de pele, pois ela é realizada por um tempo relativamente longo e em posição deitada. Esta posição pode prejudicar a circulação sanguínea, tanto da mãe como do feto.


Bhertha Miyuki Tamura é Mestre e Doutora em Dermatologia pelo Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo; Médica Assistente da Universidade de Santo Amaro; Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, Cirurgia Dermatológica; Membro do Colégio Ibero Latino Americano de Dermatologia, da American Academy of Dermatology, American Society for Laser Medicine and Surgery, International Academy of Cosmetic Dermatology e Dermatologic Surgery. Contato: bhertha.tamura@uol.com.br

Nenhum comentário: