Seguidores

terça-feira, 7 de junho de 2011

" Perdidos No Espaço "


"Perdidos No Espaço", umas das séries de TV que curto muito, agora consegui a 1°Temporada, vou me divertir um bocado, revendo as aventuras da família Robinson e o atrapalhado D°Smith.
Vejam um resumo da série:

Criada pelo produtor Irwin Allen, a série conta as aventuras da Família Robinson, do major West, do robô B-9 e do carismático Dr. Smith na sua busca do caminho de casa. A história tem início no "longínquo" ano de 1997, quando a Terra vive um caótico problema de superpopulação. Isso leva a Família Robinson a ser escalada para povoar o distante planeta Alpha Centaury, cuja atmosfera é semelhante à da Terra.

Formada pelo pai, John (Guy Williams), professor de astrofísica, pela mãe Maureen (June Lockhart) e pelos filhos Penny (Marta Kristen), Judy (Angela Cartwright) e Will (Billy Mumy), a família seguirá rumo ao novo planeta na espaçonave Júpiter 2, pilotada pelo major Don West (Mark Goddard).

Antes do lançamento, um espião inimigo, o dr. Zachary Smith (Jonathan Harris), entra a bordo e programa o robô B-9 (Bob May) para destruir a nave logo após o início da viagem. Desastrado, Smith acaba ficando preso dentro da nave e partindo junto com a tripulação para o espaço. Durante o ataque do robô, a Júpiter 2 tem seu curso alterado na direção do Sol, obrigando o major West a realizar uma manobra evasiva que faz a nave se perder em uma galáxia estranha e cheia de perigos, povos e aventuras.

Baseada no romance "The Swiss Family Robinson", de Johann David Wyss, "Perdidos no Espaço" teve 83 episódios, divididos em três temporadas. Os episódios foram filmados de 1965 a 1968 e exibidos pela rede americana CBS. Produzida em preto e branco, a primeira temporada, considerada por muitos fãs a melhor, tem 29 episódios e roteiros mais voltados para ficção científica. A partir da segunda temporada, que a Fox promete lançar em um novo box já no final do ano, os roteiros da série se voltaram para o lado da comédia, graças ao "timing" humorístico da dupla Robô e Dr. Smith.

2 comentários:

Jeferson Cardoso disse...

Oi, Cristina! Sua postagem me deixou deliciosamente nostálgico e meio perdido no espaço até [sorrio].
Que legal saber da sua Praça XV do Rio, dos pombos daí, da sua visão detalhista e minuciosa... Lindo isso. Cris, eu não sigo os blogs amigos no modo público. Fiz essa opção para evitar que muitas pessoas ficassem chateadas comigo e outras satisfeitas. Foi uma decisão. Contudo, sempre estou presente nos blogs amigos. Não me tome por mau. Seu blog é lindo e é sempre um prazer vir aqui e lhe receber. Grande abraço, linda!

Cristina Almeida disse...

Obrigada Jeferson,eu entendo,fico feliz com suas visitas e comentários,obrigada por me visitar sempre.
Grande Abraço